Blog

Jovens Católicos e discernimento vocacional

05 de julho de 2022

Jovens Católicos e discernimento vocacional

 A juventude é uma fase da vida onde os sentimentos são fortes, alcançar a felicidade e alegria são quesitos obrigatórios. Sendo assim é indispensável que se trilhe caminhos sérios para seu discernimento vocacional.

O caminho para a fase adulta é cheio de sensações e dúvidas. É neste período em que muitos jovens se perdem na busca de um ideal, acreditando que a felicidade está nos prazeres momentâneos como festas noturnas, drogas, bebidas e descartam qualquer possibilidade de encontrá-la dentro da própria igreja.

Os jovens cristãos ainda sofrem atualmente por defenderes valores da família, da castidade e de outras questões que deixaram de ser banalizadas na sociedade. Desse modo, alguns jovens são criticados por aqueles que se dizem amigos.

Entretanto, há uma juventude que acredita na verdadeira alegria está nos pequenos detalhes da vida. Outros creem que a felicidade está na entrega total de sua vida nas mãos de Deus, consagrando-se, ou se tornando um missionário para levar a Palavra de Deus a diversas pessoas.

O jovem quando é chamado para seguir os ensinamentos de Deus, ele primeiro deve entender qual o melhor caminho para a vocação, deve ser seguido. Por este motivo, o discernimento vocacional ajuda identificar se o candidato preenche alguns requisitos específicos para uma determinada função.

Sendo assim, antes de mais nada, é preciso haver um conhecimento entre a comunidade e o candidato. Quando há um interesse em conhecer a fundo sobre os trabalhos realizados por uma instituição religiosa, o candidato deve entrar em contato dizendo suas motivações, antes de iniciar seu caminho vocacional.

Por fim, após este contato, uma equipe entrará em contato para que o jovem venha conversar pessoalmente com um responsável da igreja para começar um acompanhamento vocacional.

Passos para o discernimento Vocacional

Antes de tudo, o jovem deve ter uma vida de oração muito forte. A vocação não é algo que se inventa, mas uma realidade que Deus escolhe. Outro ponto importante, é descobrir o que O Senhor tem para nos falar, para isso é necessário perceber e reconhecer a voz de Deus dentro do nosso coração.

Aos poucos, ele começa a modificar seus desejos, seus pensamentos. A vocação é algo que se leva para a vida, por este motivo é necessário refletir sobre a sua vida, quais suas habilidades e limitações, vocação implica algumas exigências mas você deve saber que sempre contará com a ajuda segura das graças a Deus.

Ficou interessado em realizar um acompanhamento vocacional, entre em contato.

Email: [email protected]

Telefone: 042 3226-1144

Orientação Vocacional x Orientação Profissional. Você sabe diferenciá-las?

Diversas fases marcam nossa vida pessoal e espiritual. Cada uma delas  traz consigo transformações, sejam físicas ou até psicológicas. A cada  etapa surgem novos questionamentos: O que irei fazer da minha vida daqui para frente? Será que sou feliz naquilo que estou exercendo? Qual orientação devo seguir? Sou um profissional de sucesso? Qual é a minha verdadeira vocação? 

A partir dessas perguntas, conseguimos adentrar em dois pontos muito comuns na adolescência, na juventude e, por vezes, na vida adulta: a diferença que há entre a orientação vocacional e a profissional.

Apesar de  serem duas questões distintas, ambas caminham juntas para uma compreender a outra. Tanto a orientação profissional quanto à vocacional auxilia uma pessoa a identificar suas afinidades e talentos

Vocação é chamado de Deus

A orientação vocacional é  um  direcionamento que conduz  a pessoa ao autoconhecimento. Permite uma compreensão mais aprofundada sobre a missão que Deus tem para cada um dos seus filhos. É um objetivo que não se deve olhar apenas para os resultados, mas para os sinais de fé e amor que Deus tem para nossa vida. A palavra Vocação, vem do latim, e significa “chamado”.

Ainda dentro da igreja, há várias pessoas que não descobriram o que Deus escolheu para suas vidas, por isso alguns pontos são importantes: 

  • Procure ter  uma vida de oração profunda e um contato frequente com a Bíblia. Rezar e meditar a Palavra é ter uma conversa íntima com Deus; 
  • Seja participativo dentro da sua comunidade; 
  • Busque orientações com alguém que já viva sua vocação dentro da sua paróquia – padres, leigos consagrados, religiosas, pais e mães. A partilha de experiências traz conhecimento e fortalece sonhos, além de ajudar o vocacionado a entender o que Deus tem para ele. Mas lembre-se: não se deve escolher uma vocação por medo do desafio das outras. Vocação é identidade. A proximidade com o diferente deve despertar no vocacionado a clareza do que é, em detrimento aos desafios. 

A orientação profissional parte de uma predisposição psíquica 

A escolha da melhor direção profissional não afeta apenas os jovens. Diversos adultos estão a cada dia buscando o melhor para si profissionalmente, já que uma carreira mal escolhida pode trazer problemas futuros, como insucesso profissional, decepção financeira e até estresse.

É neste sentido que voltamos ao início do texto – quando apontamos que ambas as orientações caminham juntas- ainda  que possuam definições distintas. 

A orientação profissional consiste no entendimento de uma carreira que se deseja seguir, baseada nos seus interesses e disposições humanas, o que exige também o autoconhecimento, e consequentemente acaba auxiliando  na solução de conflitos pessoais. 

Dúvidas sempre existirão, mas conhecer a profissão que pretende seguir, saber detalhadamente os prós e contras, ajuda a evitar que no futuro se depare  com a desilusão. Por isso, uma orientação bem detalhada e de qualidade com profissionais da área escolhida, auxilia na escolha correta daquilo que se gosta fazer.

Ainda está com dúvidas sobre o que você quer para seu futuro? Na internet você encontra diversos testes vocacionais que podem te auxiliar na hora de escolher a sua profissão, mas, lembre-se, conversar com alguém da área que você tenha afinidade para conhecer a fundo, também é válido.

 A juventude é uma fase da vida onde os sentimentos são fortes, alcançar a felicidade e alegria são quesitos obrigatórios. Sendo assim é indispensável que se trilhe caminhos sérios para seu discernimento vocacional. O caminho para a fase adulta é […]