“A vocação de todo ser humano na terra é de fazer a vida prosperar” – diz Papa Francisco no Bahrein

Nesta quinta-feira, 03 de novembro, o Papa Francisco se encontrou com as autoridades, representantes da sociedade civil e o corpo diplomático no Palácio Real Skhir, em Awali, no Bahrein, em sua 39ª Viagem Apostólica Internacional, por ocasião do “Fórum do Bahrein para o Diálogo: Oriente e Ocidente para a Coexistência Humana”.

O Papa foi acolhido por sua Majestade, o rei do Bahrein, pelo Príncipe Herdeiro e o Primeiro Ministro, e três outros filhos do Rei e um neto. Algumas crianças em trajes tradicionais espalharam pétalas de rosa, enquanto o Papa e a família real passaram pela Guarda de Honra, cumprimentando suas respectivas delegações, até chegar o Salão Real, onde foi realizado um breve encontro privado.

No final, a família Real e o Papa saudaram brevemente o Grão Imame de al-Azhar.

O logotipo e lema

O logotipo da viagem é formado pelas bandeiras do Reino do Bahrein e da Santa Sé, representadas de forma estilizada como duas mãos abertas para Deus, simbolizando o compromisso dos povos e nações de se encontrarem num espírito de abertura, sem preconceitos, como irmãos e irmãs.

Além disso, esta é a 39ª Viagem de Francisco em seus 10 anos de pontificado. O lema desta visita é “Paz na terra aos homens de boa vontade” e é inspirado nas palavras cantadas pelos anjos na história do nascimento do Senhor no Evangelho de Lucas.

Com informações do site Vatican News

Papa Francisco se encontrará com jovens de 120 países neste sábado, 24.

Encontro será em Assis onde será projetada uma nova economia fundada na fraternidade

A cidade italiana da Úmbria, famosa em todo o mundo pelos seus filhos Francisco e Clara, acolhe desde quarta-feira pouco mais de mil jovens economistas, provenientes de 120 países que nos últimos dias participaram do evento global Economia de Francisco. Este evento, desejado pelo Papa, é realizado para refundar a economia com um capital de valor inestimável: o da fraternidade.

O Economia de Francisco é um movimento internacional de jovens economistas, engajados em um processo de diálogo incluso, e nasceu após a carta do Pontífice, dirigida em 2019 aos jovens economistas, empreendedores e empresários de todo o mundo. Por conta da pandemia, os dois primeiros encontros aconteceram de forma remota.

Acolhendo os jovens nesta terceira edição, o primeiro de forma presencial, a Irmã Francesca Violato, das Irmãs Franciscanas Elizabetanas de Pádua deu as boas-vindas: “Há um mundo que se derrama em Assis. Um mundo de jovens, apaixonados pela economia. E foi bom”, explica a Irmã.

Jovens encontram o Papa

Nesta sexta-feira (23), os jovens estão percorrendo as pegadas de São Francisco, visitando os lugares onde viveu o santo de Assis.

O Brasil conta com uma representação de 100 jovens, onde apresentam propostas e projetos, na tentativa de responder ao chamado de Francisco para construir outros modelos econômicos que não aposte na exploração da Mãe e Irmã Terra.

Com informações do site Vatican News