Blog

Como escolher um plano de saúde para um idoso

04 de julho de 2022

Como escolher um plano de saúde para um idoso

O plano de saúde para idoso é uma maneira de evitar e prevenir doenças, afinal de contas, ele facilita o acesso às consultas e check-ups. Além disso, com a segurança que eles dão, qualquer sinal de problema é mais fácil e acessível ao tratamento. 

Os nossos idosos estão tendo uma vida cada vez mais longa e isso é uma benção, um motivo de alegria! No entanto, também é causa de preocupação, pois é comum vermos idosos perecendo com doenças crônicas. 

Leia mais: 7 doenças que precisam de atenção na terceira idade

Portanto, um plano de saúde para idoso se faz ainda mais necessário. Inclusive, não é à toa que o número de clientes com mais de 80 anos dos planos de saúde saltaram 62% nos últimos 10 anos, segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). 

No entanto, é válido ressaltar que a decisão de qual plano de saúde deve ser contratado não é simples. Precisa de consciência, cuidado e responsabilidade! 

Importância de um plano de saúde para idoso

Mencionamos que a decisão de contratação de um plano de saúde para idoso deve ser feita cuidadosamente. Isso porque o plano terá um papel fundamental na velhice, qualidade de vida e na saúde da sua pessoa idosa. 

O plano de saúde serve para consultas médicas com maior frequência, cuidados preventivos, suporte em exames laboratoriais e, em casos de procedimentos, garantir qualidade e eficiência. 

Além disso, o plano de saúde deve colocar o paciente em contato com bons profissionais e fornecer opções de hospitais e clínicas que possam dar todo suporte necessário e atendam às demandas do idoso em questão. 

Contratar um plano de saúde é ter em mãos uma ferramenta que proporciona segurança, conforto e qualidade ao idoso e sua família. 

Por isso, a decisão precisa ser tomada com muito cuidado e atenção!

Como escolher um plano de saúde para idoso

Acima foi citado a importância do plano de saúde para idoso, a tranquilidade e a segurança que ele deve gerar. 

Para tomar essa decisão, escolha um plano que faça sentido com a sua realidade e atenda todas as necessidades do idoso. Anote algumas dicas. 

Atente-se à cobertura e abrangência do plano 

A cobertura de um plano de saúde é o serviço oferecido. Por exemplo, quais os exames, procedimentos, especialistas e formas de internações estão disponíveis. E a abrangência está relacionada ao espaço geográfico que a operadora atende.

Tanto a cobertura quanto a abrangência são aspectos de grande relevância na hora de assinar um plano de saúde para idoso. Para tomar essa decisão, tenha em mente as particularidades da pessoa idosa, da sua vida e quais as suas principais necessidades. 

Verifique a coparticipação 

Coparticipação é quando o usuário precisa pagar a mensalidade e, além dela, mais um valor referente à consulta, exame ou procedimento. 

Por exemplo, mensalmente você paga 300 reais e, quando precisar de um atendimento, pagará mais um valor específico. 

No caso do plano de saúde para idoso, que pode precisar de atendimentos com mais frequência, a coparticipação pode gerar um custo elevado, tornando-o uma opção não tão viável. 

Portanto, quando estiver pesquisando pelo melhor plano, lembre-se de questionar a operadora sobre a coparticipação. Esses planos tendem a ser mais baratos, porém, a longo-prazo e conforme a necessidade, acabam ficando sem grandes vantagens.

Pergunte pela rede de atendimento 

Outro ponto que merece atenção é a rede de atendimentos. Quantos hospitais, laboratórios e clínicas esse plano de saúde está vinculado? E qual a qualidade deles? 

Nesse tópico, questione também os médicos especializados, quem são, quantos estão disponíveis e quais as especialidades. 

Antes de fechar negócio, confira as respostas. Procure pelos médicos e seu histórico. Se possível, tente conhecer os locais associados ao plano. 

Procure a opinião dos usuários 

A maneira mais eficiente de você saber se algo funciona e entrega tudo o que promete é a opinião de quem usa de tal serviço ou produto. 

Então, faça essa pesquisa. Tire suas dúvidas e pergunte se o plano atende a particularidade do seu idoso, pois isso é o que mais importa. 

Essas dicas são valiosas, fique atento a tudo isso. Além disso, tenha mais de uma opção e escolha observando os principais diferenciais de cada operadora. Cuide, pois o mais barato acaba saindo caro. 

Escolha baseado em fatos e nas suas necessidades. Observe também o atendimento e a atenção que a empresa oferece. Isso fará diferença nos momentos de urgência. 

O plano de saúde é uma prevenção e uma garantia de segurança, mas o ideal é que não tenha situações graves para ele ser usado.

O plano de saúde para idoso é uma maneira de evitar e prevenir doenças, afinal de contas, ele facilita o acesso às consultas e check-ups. Além disso, com a segurança que eles dão, qualquer sinal de problema é mais fácil […]