Blog

7 doenças que precisam de atenção especial na 3ª idade

04 de julho de 2022

7 doenças que precisam de atenção especial na 3ª idade

Ter uma vida longa é, com certeza, um grande triunfo. Nas últimas décadas, a expectativa de vida da 3ª idade aumentou consideravelmente. 

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), dos 210 milhões de brasileiros, 37,7 milhões são pessoas idosas. Além disso, a expectativa é de que esse número continue aumentando.

No entanto, nem sempre o idoso pode aproveitar a longevidade com tranquilidade.  O processo de envelhecimento pode vir acompanhado de doenças e preocupações. 

Por isso, é preciso estar sempre atento aos idosos e a qualquer sinal de problemas.

3ª idade: saúde e qualidade de vida 

Todo mundo tem o desejo de envelhecer e de aproveitar a melhor idade com qualidade, conforto e saúde. 

No entanto, longevidade não é sinônimo de saúde ou qualidade de vida. É comum que as pessoas acima dos 60 anos, considerada a 3ª idade no Brasil, sofram com doenças e não possam aproveitar a vida longa com tranquilidade.

Segundo o Estudo Longitudinal de Saúde dos Idosos Brasileiros, sete em cada dez idosos sofrem, ao menos, de uma doença crônica. 

Portanto, é muito importante estar sempre atento às necessidades dos idosos que fazem parte da nossa vida. Fazer consultas regulares, manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos é o mínimo para prevenir algumas doenças e garantir uma velhice saudável. 

Doenças que mais afetam a 3ª idade

Você já parou para pensar quais são as doenças que mais afetam os idosos? Possivelmente não, pois costumamos manter afastados todos os pensamentos de que algo ruim pode acontecer. 

Da mesma forma que ignoramos os sintomas sempre pensando ser algo passageiro, isso quando damos alguma atenção para eles. 

No entanto, só sabemos nos defender de algo quando reconhecemos o vilão. Portanto, reunimos 7 das doenças que mais afetam as pessoas idosas para te deixar atento.  

1 – Mal de Alzheimer 

O Mal de Alzheimer e outras demências, infelizmente, são muito comuns. Além disso, os sintomas mais frequentes são o esquecimento, a tristeza e as falas destoantes. 

De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que existam 1,2 milhão de casos, a maior parte deles ainda sem diagnóstico e, no mundo, cerca de 35,6 milhões de pessoas são diagnosticadas com a Doença de Alzheimer.

2 – Câncer 

A Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) destaca que 60% dos cânceres acometem pessoas com 60 anos ou mais. Além disso, cerca de 70% das mortes por câncer acontecem na 3ª idade.

O câncer é uma doença silenciosa que, ao ser descoberta, pode causar muita destruição e sofrimento. Para prevenir ou descobrir no começo, é fundamental manter as consultas em dia. 

3 – Infarto

É muito comum ouvirmos comentários de idosos que faleceram por conta dos infartos. Além de ser comum, é silencioso. 

A principal maneira de prevenção é comportamental, como praticar atividade física, parar de fumar, se alimentar melhor e prevenir outras doenças como a diabetes e a obesidade.

4 – AVC

O Acidente Vascular Cerebral é a outra doença que mais atinge a 3ª idade. E, assim como o infarto, pode ser prevenido com mudança de hábitos. 

Nesse caso, é importante ficar atento à paralisação de uma parte do corpo, fraqueza, perda repentina da força e problemas para falar. Ao perceber qualquer um desses sinais, o ideal é procurar um médico. 

5 – Diabetes

O Diabetes tipo 2, versão mais comum da doença, está ligada a hábitos de vida não saudáveis. 

De acordo com o Atlas Mundial do Diabetes, o Brasil é o 5º país com a maior incidência da doença. Para completar os números alarmantes, cerca de 1 a cada 5 idosos são diabéticos. 

Os pacientes precisam levar a sério essa doença e procurar ajuda caso sintam muita fome, cansaço, dificuldade para enxergar, dificuldade para cicatrização e infecções frequentes.

6 – Enfisema pulmonar 

Enfisema pulmonar é uma doença respiratória que causa grande desconforto na 3ª idade. É causada pela exposição ao tabaco e às fumaças tóxicas. 

É uma doença que pode ser tratada, evitando complicações. Os sintomas mais comuns são a perda de fôlego e a impressão de que o ar que está inalando não é o suficiente. 

7 – Osteoartrose

A Osteoartrose é uma doença articular que limita a mobilidade do idoso, causando dores e rigidez no corpo. Ela pode piorar com o passar do tempo. O sintoma mais comum são as próprias dores. 

Todas essas doenças têm seus perigos e fazem com que os idosos percam a qualidade de vida. No entanto, é importante ressaltar que as doenças, em sua maioria, são silenciosas e é imprescindível manter as idas ao médico e ficar atento em todos os sintomas. 

A 3ª idade é um período frágil que necessita de atenção e cuidado, no entanto, pode ser muito bem vivida e aproveitada!

Convidamos você para conhecer o Lar Adelaide e conhecer as características indispensáveis em um bom cuidador de idosos.

Ter uma vida longa é, com certeza, um grande triunfo. Nas últimas décadas, a expectativa de vida da 3ª idade aumentou consideravelmente.  De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), dos 210 milhões de brasileiros, 37,7 […]