Últimas Notícias

O que a Bíblia fala sobre saúde emocional?

29 de julho de 2022

O que a Bíblia fala sobre saúde emocional?

Como estaria um homem que perde tudo o que tem, fica com seu corpo coberto de feridas, tem seus filhos e filhas mortos? Certamente, você diria que seria improvável manter o mínimo de saúde emocional em uma situação semelhante. Mas se olharmos o que a Bíblia fala sobre saúde emocional veremos o contrário!

Lendo o Livro de Jó, é possível encontrar um homem que passa por grandes sofrimentos, mas se recusa a maldizer a Deus e as circunstâncias da vida. Ao contrário, Jó mantém sua fé e esperança Naquele que pode salvá-lo. 

Você pode pensar que não, mas a Bíblia traz diversas dicas para se alcançar a saúde emocional. Confira. 

A saúde emocional de Davi 

A Sagrada Escritura retrata a história da Salvação do homem, desde sua criação até a segunda vinda do Senhor. Nela vemos uma carta de Amor do Pai que não desiste dos seus filhos, mas os salva em todas as suas dores e sofrimentos. 

Já na história de Davi, podemos ver a saúde emocional do rei que enfrentou diversos conflitos e desafios, inclusive de relacionamento. Sabemos que, enquanto estava em sua família, Davi era o menor de sua casa, aquele que nem o pai acreditava. Mas, uma vez eleito por Deus para sua missão, deixou-se ungir e disse sim ao projeto do Pai. 

Além disso, Davi não se deixou abater pela tensão e pela ameaça do gigante Golias. Mas, munido de fé e esperança, fez memória dos feitos do Senhor e confiou em sua Bondade, dizendo : “Deus que me livrou das garras do leão e do urso me livrará das mãos desse filisteu” (Cf. I Sm 17, 1-54). 

Ou seja, a saúde emocional de Davi está fundamentada na proteção de Deus quando percebeu a ameaça que enfrentaria na luta com Golias e não em sua pequenez. Desse modo, ele se apoiou no que lhe garantiria mais chances de vitória: a força de Deus.  

Muitas vezes, diante das crises e dificuldades vocacionais, corremos o risco de nos declarar fracassados e incompetentes. Contudo, a Bíblia nos ensina a ter sempre diante dos olhos a fé no Deus que nos chama e capacita, assim como a memória de tudo o que já ocorreu em nossa vida. 

O que a bíblia fala sobre saúde emocional e o pecado

O pecado não é somente uma marca na alma, mas atinge o homem como um todo. A psique e as emoções são abaladas, a ponto de desnortear as motivações e o controle emocional da pessoa. 

Vemos isso claramente na trajetória de Davi quando caiu no pecado de adultério e assasinato. Confira os trechos bíblicos. 

“Uma tarde, Davi, levantando-se da cama, passeava pelo terraço de seu palácio. Do alto do terraço avistou uma mulher que se banhava e que era muito formosa.* Informando-se Davi a respeito dela, disseram-lhe: “É Betsabeia, filha de Elião, mulher de Urias, o hiteu”. Então, Davi mandou mensageiros para a trazerem. Ela veio e Davi dormiu com ela. (…) E vendo que concebera, mandou dizer a Davi: “Estou grávida”. (…) Davi escreve uma carta a Joab, enviando-a por Urias. Dizia na carta: “Coloca Urias na frente, onde o combate for mais renhido e desam­parai-o para que ele seja ferido e morra”. Joab, que sitiava a cidade, pôs Urias no lugar onde sabia que estavam os mais valorosos guerreiros. Saíram os assediados contra Joab e tombaram alguns dos homens de Davi, morreu, também Urias, o hiteu.” (II Sm 11, 2-17). 

Após cometer tais atrocidades, Davi ouve o anúncio do profeta Natã que ressalta a ferida do coração de Deus diante do pecado do rei. A saúde emocional de Davi se desenrola a partir de um sincero pedido de perdão a Deus, essa súplica tornou-se um dos salmos penitenciais mais belos da tradição bíblica: 

“Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade. E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniquidade. 4.Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado. 5.Eu reconheço a minha iniquidade, diante de mim está sempre o meu pecado.” (Salmo 50, 2-5) 

Jesus, modelo de ser humano 

A Bíblia nos apresenta, de modo perfeito, o Filho de Deus encarnado como modelo de ser humano. Afinal, em seu mistério de amor, é 100% Deus e 100% homem; em nosso meio, santifica e diviniza a vida humana, inclusive suas emoções. 

São diversos os momentos nos quais vemos um homem inteiro e equilibrado em suas emoções. Basta lembrarmos de alguns dos trechos abaixos: 

“Nisso, surgiu uma grande tormenta e lançava as ondas dentro da barca, de modo que ela já se enchia de água. 38.Jesus achava-se na popa, dormindo sobre um travesseiro. Eles acordaram-no e disseram-lhe: “Mestre, não te importa que pereçamos?”. 39.E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: “Silêncio! Cala-te!”. E cessou o vento e seguiu-se grande bonança. 40.Ele disse-lhes: “Como sois medrosos! Ainda não tendes fé?”.” (Mc 4, 37 – 40)

Com a passagem da tempestade acalmada, percebemos que Jesus não deixa suas emoções serem abaladas pelas circunstâncias ao seu redor. Suas emoções são ordenadas e balizadas a partir da sua fé e consciência no poder do Pai que submete a criação. 

Talvez você se questione: “Mas ele era Deus!”. Tem razão! Mas seu testemunho nos questiona acerca da nossa saúde emocional. Se há em nós uma fé expectante e dinâmica, certamente as emoções são ordenadas. 

“Pilatos entrou no pretório, chamou Jesus e perguntou-lhe: “És tu o rei dos judeus?” 34.Jesus respondeu: “Dizes isso por ti mesmo, ou foram outros que to disseram de mim?” (…) Perguntou-lhe então Pilatos: “És, portanto, rei?” Respondeu Jesus: “Sim, eu sou rei. É para dar testemunho da verdade que nasci e vim ao mundo. Todo o que é da verdade ouve a minha voz”.(Jo 18, 33 – 37)

Saiba mais sobre Como fortalecer sua saúde física, mental e espiritual 

O Senhor de suas emoções e o que a Bíblia fala sobre saúde emocional

Aqui estamos em um dos momentos mais dramáticos da vida de Jesus. Trata-se de seu interrogatório diante de Pôncio Pilatos. Jesus sabia de seu fim iminente. Sabia que todos os que o conheciam, e nos quais confiava, o haviam abandonado. 

Era Jesus e o homem que o podia  condenar. Mas o Senhor, com sua emoção nas mãos, não se deixa ludibriar, nem enganar pelo medo da morte e da dor. Jesus é inteiro ao afirmar-se ser quem de fato é, o Filho de Deus. 

Quando somos abatidos nas emoções, perdemos a consciência da Verdade e buscamos o caminho mais fácil de fugirmos da dor. Porém, Jesus nos mostra que o equilíbrio das emoções nos garante tranquilidade e serenidade, mesmo em meio aos momentos mais difíceis. 

Os momentos nos quais nos dedicamos à leitura e espiritualidade com a Bíblia nos edificam imensamente se lidas na ótica da realidade cotidiana. Portanto, se carecemos de saúde emocional, podemos  – contemplando os homens e mulheres das escrituras – encontrar o que a Bíblia fala sobre saúde emocional e modelos nos quais nos espelhamos. 

Como estaria um homem que perde tudo o que tem, fica com seu corpo coberto de feridas, tem seus filhos e filhas mortos? Certamente, você diria que seria improvável manter o mínimo de saúde emocional em uma situação semelhante. Mas […]