Blog

Quais os cuidados com a alimentação dos idosos?

04 de julho de 2022

Quais os cuidados com a alimentação dos idosos?

Um prato colorido, saudável e recheado de alimentos ricos em proteínas, vitaminas, bons carboidratos e minerais é importante em qualquer idade e fase da vida. Porém, a alimentação dos idosos precisa ser ainda mais bem planejada e cuidada. 

Afinal de contas, nessa fase da vida é preciso tomar muito mais cuidado com doenças, como diabetes, hipertensão, câncer, osteoporose e outras. Afinal de contas, a alimentação está totalmente relacionada à saúde. Além disso, se alimentar bem é sinônimo de força, bem-estar e qualidade de vida. 

A boa notícia é que uma boa alimentação não é difícil de ser colocada em prática, pode, inclusive, ser feita em casa. Basta ter as informações corretas!

Pensando em ajudar nessa missão e oferecer um envelhecimento saudável e feliz, preparamos algumas dicas para ajudar com a alimentação dos idosos. Pegue papel e caneta e tome nota!

Como cuidar da alimentação dos idosos?

Bom, o primeiro passo é entender o que o idoso precisa. Portanto, procure um nutricionista. Esse especialista verificará se falta algum tipo de vitamina no corpo e indicará uma dieta adequada para as particularidades da pessoa. 

Além disso, uma alimentação saudável precisa estar aliada a uma vida ativa. Ou seja, incentive o idoso a praticar atividades físicas. 

Para alcançar a verdadeira qualidade de vida, é preciso unir a alimentação dos idosos com a prática de atividade física. Isso também contribui para uma velhice mais feliz! 

Leia mais: 6 hábitos para uma velhice feliz

Faça um planejamento de compras e refeições

Talvez esse não seja um costume na sua casa, mas fazer um planejamento de compras ajudará a cuidar da alimentação dos idosos e também de toda a sua família. 

Além de planejar as compras, programar um cardápio de refeições ajuda a manter a alimentação sempre regulada e saudável. Pois, ao controlar as refeições do dia, você terá sempre uma comida de verdade nas refeições e evitará servir alimentos ultraprocessados, açúcares ou conservantes. 

Frutas, verduras e legumes são essenciais na alimentação dos idosos

Em quantas refeições você costuma colocar uma fruta, verdura ou legume? Sabia que elas precisam estar em TODAS? Pois, são ricos em minerais, fibras e vitaminas. Tudo o que o nosso corpo precisa para funcionar bem e ser saudável!

Portanto, não deixe eles de fora da alimentação dos idosos. Procure por uma variedade desses alimentos para não ser enjoativo e poder aproveitar das propriedades de todas. 

Arroz e feijão é uma dupla insuperável 

O Ministério da Saúde do governo brasileiro declara que o feijão e o arroz são uma dupla imbatível. E precisamos concordar. 

A combinação mais brasileira de todas é nutritiva, saborosa, saudável e pode ser inserida tranquilamente na alimentação dos idosos. Também é possível usar e abusar das variedades desses alimentos, como alternar entre o feijão-branco ou preto e usar outras leguminosas, como grão-de-bico, soja, ervilha ou lentilha.

Além de saudável e essencial, o arroz e feijão podem ser armazenados na geladeira e consumidos até 3 dias após cozidos. É ótimo para poupar tempo!

Preocupe-se com o ambiente

Pode até parecer que não tem relação, mas o ambiente onde acontecem as refeições está ligado diretamente com a qualidade da alimentação dos idosos. 

Por exemplo, se o local é tranquilo, limpo e agradável, isso contribui para a concentração no ato de comer e ajuda que o momento seja mais bem aproveitado e agradável. Ajuda também para que o idoso se sinta satisfeito por mais tempo. 

Portanto, na hora das refeições, faça com que o ambiente esteja: limpo, arejado, bem iluminado e confortável. Essa é uma recomendação do Ministério da Saúde

Cuidado com as bebidas

As bebidas também fazem parte da alimentação dos idosos e precisam de cuidado. O ideal é evitar aquelas muito açucaradas, como refrigerante, suco de caixinha e suco em pó. Geralmente, além do açúcar, elas possuem aromatizantes, corantes e outros aditivos prejudiciais.  

Essas bebidas podem atrapalhar no consumo de água e piorar doenças crônicas existentes, também contribuem para o desenvolvimento de obesidade e diabetes. O ideal é beber água e sucos com a própria fruta. 

Todas essas dicas são maneiras práticas, acessíveis e corretas de cuidar da alimentação dos idosos. Mas lembre-se de que também é importante cuidar dos excessos, beber bastante água e inserir alimentos ricos em cálcio na rotina dos idosos, como leite e ovos. Eles vão contribuir para fortalecer os ossos. 

Colocar em prática essas medidas, fará com que o idoso envelheça com dignidade, qualidade de vida e possa aproveitar a melhor idade da maneira mais positiva possível. 

Temos muitos outros conteúdos em nosso site que ajudarão a oferecer uma velhice digna e saudável. Clique aqui e leia mais!

Um prato colorido, saudável e recheado de alimentos ricos em proteínas, vitaminas, bons carboidratos e minerais é importante em qualquer idade e fase da vida. Porém, a alimentação dos idosos precisa ser ainda mais bem planejada e cuidada.  Afinal de […]